Stress… tão ruim assim?
Stress… tão ruim assim?
Heloiza Gabriolli

Heloiza Gabriolli

Stress… tão ruim assim?

Se estivermos muito confortáveis, nossa produtividade não será adequada. Um nível moderado de stress é importantíssimo para nos manter em evolução constante.

Irei Ilustrar isso com uma história bem interessante:

Os japoneses sempre adoraram peixe fresco, porem, as águas perto do Japão não produzem muitos peixes há décadas. Assim, os japoneses aumentaram o tamanho dos navios pesqueiros e começaram a pescar mais longe do que nunca. Quanto mais longe os pescadores iam, mais tempo levava para o peixe chegar. Se a viagem de volta levasse alguns dias, o peixe já não era fresco, já era considerado um peixe congelado, o que não era apreciado por eles.

Tiveram a ideia de instalar tanques de peixe nos navios pesqueiros, assim, eles podiam pescar e colocar esses peixes nos tanques em espaços pequenos. Pela falta de espaço eles paravam de se debater e não se moviam mais. Chegavam cansados e abatidos, porém, vivos.

Infelizmente, os japoneses ainda podiam notar a diferença do gosto. Por não se mexerem por dias, os peixes perdiam o gosto do frescor.

Sabe como isso foi resolvido?

Um dia, ao colocar os peixes no tanque, perceberam que um tubarão havia sido pescado também. Esse tubarão comeu alguns peixes, mas os que sobreviveram, chegaram ao seu destino, muito vivos e a sua carne era muito saborosa.

Portanto, ao invés de evitar desafios, enfrente-os. Quando temos um tubarão no tanque, temos um melhor desempenho.

Compartilhe